OK
Close

Jireh Burger

Clube Gourmet

Texto | Claudete Campos Fotos | Claudeci Junior | TODODIA Imagem e Divulgação | 25/08/2017-23:13:55 Atualizado em 25/08/2017-23:12:26

Faz quatro meses que foi aberta em Sumaré a primeira hamburgueria que segue o conceito de Garage Restaurant. O cliente vê o lanche ser preparado na chapa, na sua frente, e sente aquele cheirinho no ar. O diferencial é que os hambúrgueres são recheados e os molhos são feitos na casa com temperos bem frescos. Tem até molho com uísque. É o Jireh Burger.
A hamburgueria artesanal funciona no Centro. O hambúrguer é feito no local e a carne é temperada na hora. "Outro diferencial é que nós compramos e nós montamos o hambúrguer. Temos certeza da qualidade do que estamos entregando", disse um dos sócios, Felipe Pissolotto, 24. Grande parte dos temperos usados no preparo é proveniente da horta mantida no fundo do comércio.
Segundo Pissoloto, o cardápio é focado na comida típica norte-americana. O carro-chefe é o hambúrguer batizado com o nome da casa. O Jireh Burger chega à mesa montado com hambúrguer de maminha de 250 gramas recheado com queijo gorgonzola, acompanhado de molho barbecue, mostarda, maionese, fatias de bacon crocante e rúcula. Todos os molhos são da linha Heinz.
A Costela Burguer segue o mesmo conceito dos lanches da casa. O diferencial é que o molho que acompanha é uma maionese de uísque com bacon, que tem feito muito sucesso. Pissoloto conta que essa maionese com condimentos é comum nos Estados Unidos, mas aprimorou a receita. "O segredo também é a mistura do tempero para dar sabor característico", conta Pissoloto, que mantém a receita a sete chaves. Essa maionese também é opcional para outros lanches. Por semana, a casa fabrica cinco litros de maionese para acompanhar os lanches.
A intenção dos três sócios - Felipe e sua irmã Walkiria Pissolotto, 30, que cuida da administração, e o cunhado dele Cristiano Lopes, 36- foi fazer um cardápio mais enxuto, seguindo a tendência atual. Por isso, o menu tem cinco tipos de lanche - maminha, costela, frango, pernil e linguiça -, mas os clientes podem pedir os opcionais, como cebola roxa e cogumelo shimeji.
Os lanches são feitos com pão australiano, de brioche ( mais amarelado e feito com farinha de milho) e pão de gergelim.
Cervejas populares e artesanais, como de trigo, refrigerantes e sucos acompanham os lanches. E agora a casa contará também com chope artesanal.
Testes e degustações
Felipe Pissoloto contou que Sumaré era carente de um estabelecimento deste tipo. A ideia estava sendo amadurecida desde fevereiro do ano passado. Ele e os sócios fizeram muitos e muitos testes e degustações com familiares e amigos para chegar ao cardápio atual.
Formado em Engenharia Mecânica, o rapaz disse que sempre gostou de cozinhar. Preparar os alimentos lhe dá tranquilidade e alivia o estresse diário. Como são cristãos, escolheram um nome bíblico para a casa. Jireh quer dizer Deus da provisão, Aquele que dá o sustento.
Comida na garagem
Como morou por um tempo em São Paulo, Felipe Pissoloto conheceu o conceito de comida de quintal e de garagem. E o levou para Sumaré. Na frente do comércio há uma garagem onde ficam as mesas e a chapa comandada pelo cunhado de Felipe, Cristiano Lopes. O mestre cuca faz o lanche na capa na frente do cliente.
Pissoloto também ajuda a desenvolver as receitas, fica circulando pelas mesas, em um atendimento bem próximo do cliente, que se sente em casa, diz. "O conceito de garagem traz o público mais perto, para ter esse relacionamento. Faço questão de ir de mesa em mesa. Estou sempre presente. Traz identidade para o restaurante e relacionamento com o cliente", explicou o comerciante.
A decoração é simples. Toda a estrutura é feita com tijolinhos à vista e decorada com adereços retro, que lembram a cultura americana - há também fotos de carros antigos.
TOME NOTA
Hamburgueria Jireh Burger | Endereço: Rua Dezesseis de Dezembro, 85, Centro, Sumaré | Horário de funcionamento: de segunda-feira a domingo, das 10h às 23h, inclusive para delivery | Telefone: (19) 2222-0362

Leia Mais