OK
Close

Comissão aprova restrição a pesquisa eleitoral

Brasil e Mundo

12/09/2017-22:39:54 Atualizado em 12/09/2017-22:35:28

A comissão especial da Câmara aprovou na tarde de ontem texto-base de proposta que limita a divulgação de pesquisas eleitorais, amplia os limites para que pessoas físicas possam financiar candidatos e exige a participação das mulheres nas chapas à Presidência, governos estaduais e prefeituras.
Para valer nas eleições de 2018, essas medidas precisam, após o fim da votação na comissão, serem aprovadas nos plenários da Câmara e do Senado e sancionadas pelo presidente Michel Temer.
Os deputados aprovaram, por exemplo, redução do tempo de campanha de 60 para 45 dias. Hoje as pesquisas podem ser divulgadas até o dia da eleição. O relatório estabeleceu que elas só poderão ser publicadas até o sábado da semana anterior à disputa.
| FOLHAPRESS