OK
Close

Pedinte joga pedras em guardas

Cidades

RODRIGO ALONSO AMERICANA | 13/09/2017-22:42:18 Atualizado em 13/09/2017-22:38:39
Divulgação | Gama
PEDRAS | Foram arremessadas, mas não atingiram a viatura

Um pedinte de 32 anos foi detido acusado de jogar duas pedras em direção a uma equipe da Gama (Guarda Armada Municipal de Americana) ontem, no Centro de Americana. A situação aconteceu enquanto o acusado era abordado pelos patrulheiros, durante a Operação Semáforos, feita pela Gama para intensificar as abordagens aos pedintes após os episódios de violência.
Segundo a corporação, o mendigo Jefferson João Franco Nunes pedia colaboração a motoristas quando foi visto pela equipe, por volta das 13h30. Ele estava no semáforo do cruzamento entre as ruas Anhanguera e Marechal Floriano Peixoto. Com ele, havia papéis com mensagens de pedido de ajuda.
No momento da abordagem, Nunes "mostrou-se agressivo e passou a gritar com os guardas", conforme a Gama relatou. Em seguida, ele arremessou as pedras contra a equipe, composta por dois patrulheiros. As pedras, no entanto, não atingiram os guardas ou a viatura.
Com apoio de outra equipe, a dupla deteve o pedinte e o encaminhou para a CPJ (Central de Polícia Judiciária). Na unidade, a Polícia Civil elaborou um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) de desacato, desobediência e resistência. Depois, a corporação liberou Nunes por avaliar que a infração foi de "menor potencial ofensivo".
A Gama informou que o pedinte já ficou preso por 12 anos acusado de roubo. Ele deixou o sistema prisional em 23 de agosto deste ano.
OPERAÇÃO SEMÁFORO
A corporação apontou que tem feito uma operação nos semáforos devido aos incidentes ocorridos nos últimos dias. Desde o dia 4 já houve outros seis casos de ameaça ou ataque de pedintes na cidade - dois ataques com seringas e quatro ameaças com escorpiões.
A Gama comunicou que, na ação, aborda os moradores de rua e pedintes, e verifica seus antecedentes criminais.