OK
Close

Claudemir Peixoto está de volta ao Leão da 13

Esportes

LUIZ PENINHA | AgÊNCIA OLEPRESS SANTA BÁRBARA D'OESTE | 13/09/2017-22:37:06 Atualizado em 13/09/2017-22:52:49
Divulgação
TUDO CERTO | Claudemir Peixoto (de amarelo, ao fundo) no seu acerto ontem com o Leão da 13

O técnico Claudemir Peixoto, 45, vai comandar o União Barbarense no Campeonato Paulista da Série A-3 do ano que vem. Será sua sexta passagem no clube. A apresentação oficial do treinador está marcada para a próxima terça, às 14h30, quando deverá começar a fazer o planejamento para a temporada 2018.
A definição por Peixoto aconteceu ontem, durante almoço entre os gerentes de futebol, José Valdemir Gallina, Edvaldo Souza, o presidente Jairo Araújo e o treinador.
Peixoto disse que o trabalho a ser desenvolvido pelo clube vai ser divulgado durante sua apresentação. Nomes de jogadores e avaliações ainda serão discutidos entre ele e a direção do clube.
Como lateral-direito, Peixoto jogou pelo União nas temporadas de 1994 e 1997. Retornou para ser treinador em 2011, durante a Copa Paulista. Em 2012, foi vice-campeão da Série A-2, conquistando o acesso à Série A-1. Em 2013 chegou durante a competição para tentar salvar o time do rebaixamento e, em 2014, comandou o time por seis rodadas na Série A-2.
Os últimos clubes que Peixoto trabalhou foram Juventus e Penapolense. No Penapolense, o treinador comandava a equipe na atual Copa Paulista, mas deixou o clube após o término de parceria entre investidores e o clube.
Peixoto, no final de julho, enfrentou uma grande tragédia em sua vida, perdendo seus dois filhos num acidente na Rodovia Castello Branco, próximo a Tatuí. O carro que era dirigido por sua esposa capotou.
O novo técnico do União sabe que terá missão difícil pela frente, a de ajudar o GA (Grupo de Apoio) no resgate do futebol do clube, que vem de um rebaixamento à Série A-3 como a pior equipe da segunda divisão.
Peixoto gosta de trabalhar sem alarde, sabe administrar grupo e não tenta esquemas táticos mirabolantes. Em 2012, ninguém apostava no acesso do União, porém o treinador levou o time ao vice-campeonato. Em 2013 ele chegou na 10ª rodada e por muito pouco, uma vitória, não conseguiu salvar a equipe do rebaixamento.
Gallina explicou que a escolha estava entre Edson Vieira e Peixoto e o GA optou pelo segundo, por conhecer o clube e ter conquistado um acesso com o União.
O dirigente citou que Peixoto vai retirar a ação judicial que move contra o União, e começará a trabalhar logo após sua apresentação, na terça.