• Editorial

    O prefeito das bravatas

    Um dos maiores prejuízos que um político pode causar à sua cidade é governar do mesmo modo como faz campanha: vociferando bravatasUm dos maiores prejuízos que um político pode causar à sua cidade é governar do mesmo modo como faz campanha: vociferando bravatas...

  • Editorial

    Inversão de valores

    Cuidado, não ostente seu dinheiro. Mulheres, não usem roupas curtas, isso atiça. Você não tem alarme na sua casa, nem câmeras de segurança? Não pode facilitar pra bandidagem, meu amigo.Cuidado, não ostente seu dinheiro. Mulheres, não usem roupas curtas, isso atiça. Você não tem alarme na sua casa, nem câmeras de segurança? Não pode facilitar pra bandidagem, meu amigo....

  • Editorial

    Bom senso passou longe

    Diz uma máxima popular, à qual se recorre cada vez mais, que "bandido bom é bandido morto"Diz uma máxima popular, à qual se recorre cada vez mais, que "bandido bom é bandido morto"...

  • Editorial

    Vergonha na cara

    Prezado leitor, esqueça o velho ditado de que política é como as nuvens, cada hora que você olha está de um jeitoPrezado leitor, esqueça o velho ditado de que política é como as nuvens, cada hora que você olha está de um jeito...

  • Editorial

    Vereadores e renda

    Quanto você acha, leitor, que um vereador deve ganhar? É dificílimo chegar a consensoQuanto você acha, leitor, que um vereador deve ganhar? É dificílimo chegar a consenso...

  • Editorial

    Falta noção

    Uma das coisas mais revoltantes no poder público é perceber que a negligência assume de tal forma a condução das ações que o bom senso se assemelha, quando surge, a um visitante estranho e inconvenienteUma das coisas mais revoltantes no poder público é perceber que a negligência assume de tal forma a condução das ações que o bom senso se assemelha, quando surge, a um visitante estranho e inconveniente...

  • Editorial

    Você paga

    Prezado leitor, você já deve ter ouvido falar em financiamento público de campanhaPrezado leitor, você já deve ter ouvido falar em financiamento público de campanha...

  • Opinião

    Planejar para quê?

    O prefeito Omar Najar (PMDB) não se cansa de dar exemplos de sua falta de capacidade de planejar qualquer coisa. O episódio do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urb...

  • Editorial

    Os comissionados

    De vez em quando, uma boa notícia surge até no âmbito dos Legislativos. A Câmara de Santa Bárbara resolveu, enfim, controlar o horário e o trabalho dos assessores, depois de o pres...

  • Editorial

    Inversão de valores

    Seria interessante descobrir porque legisladores acham que bandidos, que não ligam para o Código Penal, vão respeitar uma lei estadualSeria interessante descobrir porque legisladores acham que bandidos, que não ligam para o Código Penal, vão respeitar uma lei estadual...

  • Editorial

    Transparência

    A transparência irrestrita é aliada indissociável da democracia. Porém, ainda estamos longe de alcançá-la, como mostra levantamento do MPF ...

  • Editorial

    A reorganização

    Antes tarde do que nunca. O ditado popular cai como uma luva para a tardia, porém indispensável, medida adotada pelo governo do Estado de suspender o fechamento de escolas e discutir o projeto no ano que vem com as comunidadesAntes tarde do que nunca. O ditado popular cai como uma luva para a tardia, porém indispensável, medida adotada pelo governo do Estado de suspender o fechamento de escolas e discutir o projeto no ano que vem com as comunidades...

  • Opinião

    O longo prazo

    A chuva que transformou ruas de Campinas em verdadeiros rios no domingo foi atípica pela quantidade de água. O resultado, porém, pode ser comum toda vez que ca...

  • Opinião

    Governo na UTI

    Não há dúvidas de que é um fardo ser prefeito. São centenas de problemas a resolver, pouco dinheiro em caixa e ter de ficar na ingrata posi&ccedi...

  • Opinião

    Hora de explicar

    Até agora, a Prefeitura de Americana tratou o caso Maestro como coisa menor. O próprio prefeito Omar Najar (PMDB) fez questão de se fazer de desentendido sempre que questionado, dando a entender que tudo havia sido resolvido com a suspensão do pregão sob o qual paira a suspeita gravíssima de direcionamentoAté agora, a Prefeitura de Americana tratou o caso Maestro como coisa menor. O próprio prefeito Omar Najar (PMDB) fez questão de se fazer de desentendido sempre que questionado, dando a entender que tudo havia sido resolvido com a suspensão do pregão sob o qual paira a suspeita gravíssima de direcionamento...